sábado, 30 de junho de 2007

porque alguns merecem o fim que tem e outros não...

esse blog não é para ser mórbido e ficar falando de morte o tempo inteiro, até porque ele tem como foco as reticências e não o ponto final... mas é que quando acabei de escrever este primeiro post, percebi que citei várias pessoas... e aí fiquei pensando que existem caras que poderiam ter ficado mais tempo entre nós e caras que não... por exemplo...

kurt cobain poderia ter ficado um pouco mais, aquele cara ia demorar de se vender e ia dar muito trabalho... ia enveredar por outras artes, cinema, literatura, dirigindo, produzindo... ia ser preso ainda umas dez vezes... ia ser internado várias também... merecia deixar uns cinco discos mais... pelo menos...o fim desse cara foi uma sacanagem...

os mamonas, os nossos ritchie valens... bom contra-exemplo: alguém tem dúvida de que aqueles caras hoje iam ter a cara do detonautas? porra, eles eram jovens, não iam passar o resto da vida fazendo aquilo ou iriam acabar fazendo ponta com o tiririca no show do tom... iriam assumir a pose dos garotos revoltados que não se revoltam, que fazem passeata pela paz no rio mas não conseguem largar um baseadinho “pela causa”... eu ainda preferia o mamonas no show do tom cantando robocop gay...

raul seixas, esse foi numa boa hora, deixou uma obra extensa, uma vida corajosa, várias histórias, começou a fazer algumas merdas, como todo bom ser humano... digo que foi numa hora boa porque acho que hoje ele não seria coisa bonita de se ver não... todo mundo sabe que ele nunca foi muito esperto com dinheiro, iria estar passando perrengue, podia até ir de cara feia, mas não iria negar o mainstream... tipo acústico do raul mtv, arquivo confidencial do raul no faustão, raul virando escritor místico... é, raul morreu bem...

tim maia era o tipo de cara que eu sempre vi como irrecuperável... um kurt cobain que chegou aos sessenta... mas um kurt que conseguiu escapar, porque quando ele fez o racional ele devia estar trancado em casa com uma arma na mão por uns dois meses, totalmente no limite, e aí, de repente, teve a “iluminação racional”... o caminho do bem... alguém deve ter mostrado este caminho para ele, não acredito que pudesse sair sozinho... alguém conhece detalhes desta história?

morreram primeiro justamente os beatles que mais a humanidade precisava... bush não seria o mesmo se lennon estivesse vivo, até mesmo porque a yoko ia tá fazendo marcação cerrada... ok, concordo que eles não durariam juntos muito mais tempo, assim como paul, uma hora john ia sacar que aquela mulher era uma carranca e que podia ter do lado uma figura mais apresentável... ele faria isso... mas a yoko ia perseguir... um belo dia lennon ia aparecer com dor nas costas, andando encurvado, e numa foto tirada no vigésimo aniversário do “the war is over”, iríamos ver o vulto daquela carranca no pescoço dele...

george sempre foi quieto, pacato, na dele... quando não se esperava nada dele, ele inventou um concerto pra bangladesh... era o beatle que ninguém tinha expectativas... planejava suas coisas em silêncio e aí de repente nos brindava com “something”, “while my guitar gently weeps”, “give me love”, “”... sempre esteve ao lado de figuras de crédito... lennon, clapton, bob dylan, tom petty... mas nunca a frente delas... era um amigo leal e talentoso como o que poderia tirar o kurt da merda e faze-lo produzir, ele fez isso com o lennon, com o clapton... e se alguém perguntar: como você sabe que ele era leal? você se imagina ajudando o cara que compõe músicas como Layla, ou Wonderfull Tonight para sua mulher e assume na sua frente que morreria por ela? é dose... o cara só podia ser legal....

mas aí olha a sacanagem, matam lennon e deixam roberto carlos vivo... e esse episódio do livro dele é incomentável... e quem, em sã consciência, aguenta especial de fim de ano do roberto carlos?? e não dá pra dizer que roberto carlos é uma merda, porque não é... alguém precisava ter protegido o roberto carlos dele mesmo... mas agora já perdeu a chance de virar mártir e ser admirado eternamente... a obra dele sobrevive mais meio século, mas aposto que meus netos não saberão quem foi ele... faço um bolão com aqueles que toparem... o melhor agora pro roberto é deixa-lo viver sua vidinha até o fim... quando ele começou com aquela história de “vou fazer um café da manhã pra nós dois” deviam ter oferecido asilo político pro Lee Harvey Oswald em troca de um servicinho... pelo bem do próprio roberto...

5 comentários:

Tati disse...

Pessoas que deveriam ter mais tempo: Clarice Lispector, Chico Mendes, Tom Jobim...

Pessoas no tempo certo (já que somos donos do destino neste momento): Glauber, Elvis, cantores muito doidos dos anos 70 - Janis Joplin, Jim Morrison e o Hendrix... acho que eles não tinham muito pra onde ir e se dopavam demais... ainda liberava o Jim Morrison, mas acho que ele não ia aguentar..

Pessoa que poderia ir embora: Michael Jackson...e um monte mais, mas não lembro.

Fora esses, concordo com os seus.

KK disse...

Eu concordo com muitas coisas ditas aqui, mas discordo sobre RC. O cara precisa dos seus especiais de final de ano para vender disco no Natal. Minha avó todo ano compra o disco dele no natal. É como se fosse o papai noel dela... a bicicleta! E eu acho bacana a velhinha ter uma relação desse tipo já que a vida de uma dona de casa aposentada não tem grandes surpresas. De repente o cd de natal do Rei seja uma das poucas novidades na vida de alguém durante o ano. Enfim... eu concordo 100% a respeito de Raul. Ele não parecia saber gerir o próprio talento. E que talento! Adoro o bom humor de Raul! Gostei do seu blog. Vou visitar sempre. Continue escrevendo, um abraço!

Felipe disse...

Concorodo com algumas coisas, mas tenho que fazer umas emendas.
Lennon faz falta. Muita falta mesmo, principalmente porque tenho plena certeza que hoje, se ele e George estivessem vivos, nós veríamos os Beatles juntos tocando em algum concerto especial em prol de algum país miserável. Já imaginou, você comprando uma passagem pra ir a Londres ver os caras tocarem em pleno inverno? Eu choro só de imaginar.
Elvis eu não comento. Elvis deveria ser Highlander.
Agora, o que ue chorei quando morreu e sinto falta todo dia, pois eu ouço ele todo dia, é Frank Sinatra.

Gustavo Gadelha disse...

ainda sobre roberto carlos... kk, sua vó não merece o roberto carlos... ela merece a lembrança do roberto carlos... quer ver? quer ver ela ficar feliz feito no natal? a cada mes que vc encontrar com ela, passa um daqueles filmes com o cara, tipo Roberto Carlos e o diamante cor de rosa - 1970, Roberto Carlos A 300 Quilômetros Por Hora - 1971, Roberto Carlos em ritmo de aventura - 1968... pode passar os shows antigos gravados no you tube... a velhinha vai delirar... o problema é que ninguém faz isso por ela, e os capangas da globo sabem disso... eles estão em todo lugar... e aí a globo faz a festa no fim de ano... e a gente recebe RC guela abaixo... eu persisto: morte a roberto carlos!

Felipe disse...

Hahahaha. That's a point.